Notícias

Portal Descalvado | publicado 02/10/2017 09h56 | última modificação 14/01/2022 15:23:24

"Ômicron acelera média móvel de casos em Descalvado, que é a maior desde o início da pandemia"

"Em função do avanço da nova variante do coronavírus, nos últimos 7 dias a cidade o país registrou mais de 550 novos casos de Covid-19. Aumento de casos foi de 375% em relação à semana anterior."

Ômicron acelera média móvel de casos em Descalvado, que é a maior desde o início da pandemia


Com o avanço acelerado do contágio pela variante Ômicron do novo coronavírus, nesta quinta-feira (13) o município de Descalvado registrou 124 novos casos de covid-19 em um período de 24 horas. A média móvel de diagnósticos nos últimos sete dias atingiu 79,71 por dia, o que representa um total de 558 casos em um período de apenas 7 dias e um aumento de 375% em relação à semana anterior. Trata-se do maior índice desde o início da pandemia.

Por outro lado, no mesmo período, nenhum óbito foi registrado oficialmente. Ao todo, a cidade registra 84 vítimas da doença, desde o início da pandemia. Os casos somam 5.506.

A coleta de dados é feita pela Secretaria Municipal de Saúde.

REUNIÃO ENTRE PREFEITOS E AUTORIDADES DE SAÚDE DA REGIÃO

O Secretário Wander Boneli participou, na manhã da última quarta-feira (12), da reunião online de prefeitos, secretários municipais e gestores da saúde dos 24 municípios da região do Departamento Regional de Saúde (DRS III).

A reunião foi intermediada pelo diretor da DRS III, Jeferson Yashuda, e revelou um cenário preocupante em toda a região. Assim como em Descalvado, a variante Ômicron tem gerado um ritmo de contaminação acelerado na maioria das cidades, conforme demonstrado no encontro pelos participantes que falaram da situação epidemiológica de seus municípios e das ações que estão implantando para enfrentar a curva crescente de contaminações. Todos os municípios sentem o aumento de demanda por testagem e por atendimento médico.

Segundo destacou o secretário de saúde, há um consenso entre todos os representantes da região sobre a luz de alerta acesa para uma projeção de crescimento da demanda por internações, principalmente em leitos de enfermaria.  

Além da questão do aumento de casos e do crescimento na demanda por leitos de enfermaria, também entraram na pauta, entre outros assuntos, o ritmo de vacinação na região, a importância do cumprimento do isolamento social e da manutenção das medidas sanitárias.

Publicado em:2022-01-14-15:23:24
Fonte: Assessoria de Comunicação