PREFEITURA MUNICIPAL DE DESCALVADO

Notícias

"Descalvado já tem 07 casos de infecção por Dengue e uma suspeita de Chikungunya"

"De janeiro a outubro a Vigilância Epidemiológica realizou 67 notificações, com 54 casos negativos e os últimos 03 positivos foram registrados nessa semana"


Mal  começou o período das chuvas e a Saúde  Municipal de Descalvado  já tem  registrado 07 casos positivos  de infecção por Dengue – transmitida pela picada do mosquito  Aedes Aegypti, no período de janeiro a outubro. A Vigilância Epidemiológica faz um alerta à população para não descuidar da limpeza em locais que possam  acumular água, pois os últimos três casos foram  confirmados  nessa  semana.

Até o momento  são 67 notificações de suspeitas da doença e, além  dos casos confirmados, a Vigilância Epidemiológica aguarda o  resultado de mais 06 exames que estão em andamento. Das notificações feitas,  54 resultaram em negativos para a infecção.

O que preocupa a Saúde Municipal é que dentre os recentes casos confirmados de Dengue está uma  adolescente de 11  anos de idade e um adulto que está internado na Santa Casa,  devido  às complicações causadas por outras enfermidades.

A Equipe de Controle de Vetores tem feito o bloqueio nas regiões de contaminação, com a  chamada  nebulização e, uma equipe de agentes  de saúde está sendo montada para realizar o mutirão nas casas,  em busca de possíveis criadouros da larva do mosquito transmissor da Dengue. Segundo o  secretário de Saúde, Wander Bonelli, essa  ação acontecerá  entre o final d e outubro  e início de novembro.

A enfermeira chefe da Vigilância Epidemiológica, Lourdes Santana, também está investigando um  caso positivo de Febre Chikungunya, com  exames realizados em Descalvado,  pois a doença pode ter sido contraída fora do município. Caso  a pessoa não confirme ter saído  de Descalvado no período que apresentou os sintomas, será o  motivo  de mais preocupação ainda para a Saúde Pública, pois outras pessoas podem ter sido picadas pelo mesmo mosquito contaminado.

Febre Chikungunya (CHIKV) - seus sintomas são semelhantes aos da dengue: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. Porém, a grande diferença  está no seu acometimento das articulações: o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.

O  grande  fator de risco são para as mulheres grávidas que podem transmitir o vírus para o feto, que pode  desenvolver má formação neurológica, entre outas complicações.

Publicado em:2017-10-09-15:41:59
Fonte: Assessoria de Comunicação